?

Log in

No nevoeiro ao longe,

tudo se perde para sempre; tudo regressa em assombração.

Name:
sm
Não sou ninguém, sou um só, sou muitos em mim. Sou todos e não sou nenhum.
Não sei quem sou.
Sou uma nota musical, uma letra, um algarismo solitário. Sou uma sinfonia, um poema, uma equação. Sou tudo e não sou nada.
Sei quem sou, mas irremediavelmente queria não saber, por vezes;
Só quando a noite cai e não é manhã;
E na manhã que se segue, serei aquilo que o nevoeiro me trouxer.

Statistics